Variação referente ao mês homólogo Entrar
Nascimentos
Encerramentos
Insolvências

Novas empresas com queda de 35% até final de fevereiro

Novas empresas com queda de 35% até final de fevereiro

Nos primeiros 2 meses de 2021, nasceram 6 220 empresas, uma descida de 35,2% face ao mesmo período de 2020, mantendo-se a tendência de descida verificada em 2020

Esta queda no empreendedorismo foi fortemente condicionada pelas medidas restritivas para combater a pandemia e é transversal a todos os setores. Ainda assim, a queda verificada em fevereiro já é menor que a verificada na 2ª quinzena de janeiro, no início do confinamento.

Cinco setores representam 75% da queda no nascimento de empresas

O recuo nos nascimentos nos 2 primeiros meses de 2021, está bastante concentrado em cinco dos setores mais relevantes no tecido empresarial português.

Os Serviços gerais recuaram 45% (-661 novas empresas), com uma descida acentuada na constituição de empresas nos subsetores da Saúde, desporto e bem-estar, bem como nos serviços de educação e cultura.

Nos Transportes há menos 71% de empresas (-602 novas empresas), fruto da enorme descida nas empresas de Transporte ocasional de passageiros em veículos ligeiros.

O Alojamento e restauração cai 56% (-540 empresas) essencialmente devido ao recuo de restaurantes, cafés e alojamento mobilado para turistas.

No setor da Construção as novas empresas caem 28% (-304 empresas) devido sobretudo à descida das empresas de Construção de edifícios (residenciais e não residenciais.

Nos Serviços empresariais, a descida é de 28% (-428 empresas).


Comércio online e atividades postais e courier são as áreas que crescem nas novas empresas

Enquanto as restrições à circulação de pessoas condicionam o empreendedorismo em todos os grandes setores, existem áreas onde essas restrições são uma oportunidade para novos negócios. É o caso do comércio a retalho online que em 2021 já viu nascer perto de 100 novas empresas, um aumento de 50% face a 2020, que já se verifica desde meados do ano passado. Da mesma forma, cresceram também as novas empresas de atividades auxiliares de transportes terrestres (67%) e atividades postais ou de courier (84%).

Insolvências e encerramentos

Desde o início da pandemia, as insolvências de empresas registam um ligeiro aumento apenas nos setores mais expostos aos impactos da pandemia (9%, + 86 casos).

No mesmo período de pandemia, foram encerradas 14 124 empresas, valor que representa uma descida de 19,4% face ao período homólogo. Nos 2 primeiros meses de 2021 mantem-se a tendência de descida ocorrida em 2020, registando-se 1 957 encerramentos (-26,9%).

Os números de encerramentos e insolvências deverão ser entendidos à luz das medidas de apoio que o Estado português colocou à disposição das empresas e, por outro lado, ao facto de estes processos serem normalmente demorados e, no caso das insolvências, envolverem os tribunais, cuja atividade foi afetada durante a pandemia.

Ver o Barómetro completo

Nota sobre insolvências

Entidades com processos de insolvência iniciados no período considerado, com publicação no portal Citius do Ministério da Justiça. O Barómetro Informa D&B considera os processos de insolvência de pessoas coletivas. Este Barómetro não analisa os processos de insolvência de empresários em nome individual, de profissionais liberais, ou de particulares.

SOBRE A INFORMA D&B

A Informa D&B lidera, em Portugal e Espanha, a oferta de informação e conhecimento sobre o tecido empresarial. A atuar em Portugal há mais de 110 anos, acompanhámos a evolução do País e a forma de fazer negócios, desenvolvendo ferramentas e análises tão inovadoras quanto tecnologicamente avançadas. Continuamos a proporcionar ao mercado informação relevante e de confiança, para fundamentação das decisões de negócio nas empresas.

A informação produzida pela Informa D&B é utilizada em Portugal por 95% das entidades bancárias, 45% das grandes empresas e 21% das PME, servindo mais de 450 mil utilizadores, que consultam anualmente mais de três milhões de relatórios sobre empresas, através das marcas INFORMA e EINFORMA.

A Informa D&B está integrada na D&B Worldwide Network, a maior rede de informação mundial sobre empresas e outras organizações.

Para mais informações : apoio@informadb.pt / 808 29 30 29