abril 2024 Variação referente ao mês homólogo
Nascimentos
03496
-8,7%
Encerramentos
00542
-35,8%
Insolvências
00178
34,8%

Foram criadas quase 10 mil empresas até final de fevereiro

Setor da Construção é o único a registar mais nascimentos de empresas

  • Norte é a única região do continente onde cresce a criação de empresas
  • Insolvências aumentam 18%
  • Encerraram 1 879 empresas

Até final de fevereiro de 2024, foram constituídas 9 704 novas empresas e outras organizações em Portugal, registo que corresponde a um recuo de 5,1% (-517 constituições) face ao mesmo período do ano passado.

A Construção foi o único setor onde se criaram mais empresas face ao período homólogo, com um total de 1 269 constituições, o que representa um crescimento de 8,9% (+104 constituições), verificado sobretudo nas regiões Norte e Centro do país.

Todos os outros setores de atividade apresentaram uma descida na criação de empresas, destacando-se os Transportes, o setor que mais cresceu nos dois últimos anos, e dos Serviços empresariais, aquele que regista maior número de constituições de empresas. Estes dois setores registaram, respetivamente, -238 constituições (-20%) e -138 constituições (-7,9%), face ao período homólogo de 2023.

Na distribuição geográfica, a descida é transversal a todas as regiões, com exceção da região Norte e dos Açores. No Norte, o número de constituições cresceu 31% (+92 constituições), com as novas empresas a concentrarem-se sobretudo nos setores da Construção, Serviços gerais e Retalho. Nos Açores, o crescimento foi de 6,9%.

Insolvências aumentam 18%

Até final de fevereiro de 2024, 374 empresas iniciaram um processo de insolvência, mais 18% (+58 processos de insolvência) do que no período homólogo, mantendo assim a tendência de crescimento que se verificou no último ano neste fenómeno. Esta subida é concentrada no setor das Indústrias (+58 processos de insolvência, +88%), com destaque para as indústrias do Têxtil e Moda.

Encerraram 1 879 empresas

Nos 2 primeiros meses de 2024, encerraram 1 879 empresas e outras organizações em Portugal, menos 20% do que no período homólogo. No entanto, existem ainda publicações a ser efetuadas pelo Registo Comercial.

Os anos de 2022 e 2023 terminaram com um crescimento, ainda que ligeiro, dos encerramentos de empresas ainda que ligeira de +3,3% e +3,9%.

Nos 2 primeiros meses de 2024, Serviços empresariais, Retalho e Alojamento e Restauração são os setores que registaram o maior número de encerramentos.

Ver o Barómetro completo

Nota sobre insolvências
Entidades com processos de insolvência iniciados no período considerado, com publicação no portal Citius do Ministério da Justiça. O Barómetro Informa D&B considera os processos de insolvência de pessoas coletivas. Este Barómetro não analisa os processos de insolvência de empresários em nome individual, de profissionais liberais, ou de particulares.

SOBRE A INFORMA D&B
A Informa D&B é especialista no conhecimento do tecido empresarial. Através de análises inovadoras, disponibiliza o acesso a informação atualizada e relevante sobre a atividade de empresas e gestores, fundamental para a condução dos negócios dos seus clientes. A Informa D&B está integrada na maior rede mundial de informação empresarial, a D&B Worldwide Network, com acesso aos dados de mais de 550 milhões de agentes económicos em todo o mundo. A base de dados empresarial da Informa D&B é a mais utilizada em Portugal, servindo mais de 500 mil utilizadores através das duas marcas: INFORMA e eInforma.

Para mais informações: apoio@informadb.pt/808 29 30 29