janeiro 2024 Variação referente ao mês homólogo
Nascimentos
04929
-8,3%
Encerramentos
00636
-50,1%
Insolvências
00210
3,5%

Já foram criadas quase 35 mil empresas em 2023, mais 6,3% do que no mesmo período do ano passado

  • Transportes são responsáveis pela grande maioria das novas empresas;
  • Mais de metade dos setores registam um decréscimo na criação de empresas;
  • Insolvências crescem 19%;

Desde início do ano e até final de agosto foram constituídas 34 882 empresas em Portugal, mais 6,3% (+2 056 empresas) do que no mesmo período do ano anterior.

O crescimento na criação de empresas é suportado por 4 setores, entre os quais se destaca os Transportes, com a criação de 4 282 novas empresas em 2023, mais 1 599 do que no período homólogo, a que corresponde um avanço de 60%. A dinâmica deste setor é quase totalmente suportada pela atividade do Transporte ocasional de passageiros em veículos ligeiros (+ 82%; +1 587 constituições), que tem vindo a crescer sucessivamente nos últimos anos.

Apesar dos números gerais indicarem um crescimento, mais de metade dos setores registam um decréscimo na criação de empresas face aos oito primeiros meses de 2022, com destaque para as Atividades imobiliárias (-9,6%; -347 constituições) e Tecnologias da informação e comunicação (-7%; -156 constituições).

Com 11 797 novas empresas, o distrito de Lisboa é o que regista o maior crescimento face ao ano passado (+5%; + 525 constituições), com os Serviços empresariais, Transportes e Serviços gerais a concentrarem metade das constituições.

7 607 encerramentos até 31 de agosto

No mesmo período, registaram-se 7 607 encerramentos. No acumulado dos últimos 12 meses, os encerramentos totalizam 14 219, valor 2,6% abaixo dos 12 meses anteriores. Metade dos setores de atividade registam mais encerramentos do que há 12 meses, destacando-se as Tecnologias da informação e comunicação (+12%; 80 encerramentos).

Insolvências crescem 19%

Até final de agosto, iniciaram-se 1 274 novos processos de insolvência em Portugal, o que corresponde a um aumento de 19% (+203 processos de insolvência) face ao mesmo período de 2022, o ano com menos insolvências de sempre. Este aumento atinge mais de metade dos setores de atividade, destacando-se a Construção (+52%; +69 processos de insolvência) e as Indústrias (+32%; +65 processos de insolvência), setores que historicamente registam mais insolvências.

Ver o Barómetro completo

Nota sobre insolvências
Entidades com processos de insolvência iniciados no período considerado, com publicação no portal Citius do Ministério da Justiça. O Barómetro Informa D&B considera os processos de insolvência de pessoas coletivas. Este Barómetro não analisa os processos de insolvência de empresários em nome individual, de profissionais liberais, ou de particulares.

SOBRE A INFORMA D&B
A Informa D&B lidera, em Portugal e Espanha, a oferta de informação e conhecimento sobre o tecido empresarial. A atuar em Portugal há mais de 110 anos, acompanhámos a evolução do País e a forma de fazer negócios, desenvolvendo ferramentas e análises tão inovadoras quanto tecnologicamente avançadas. Continuamos a proporcionar ao mercado informação relevante e de confiança, para fundamentação das decisões de negócio nas empresas.

A informação produzida pela Informa D&B é utilizada em Portugal por 95% das entidades bancárias, 45% das grandes empresas e 21% das PME, servindo mais de 450 mil utilizadores, que consultam anualmente mais de três milhões de relatórios sobre empresas, através das marcas INFORMA e EINFORMA.

A Informa D&B está integrada na D&B Worldwide Network, a maior rede de informação mundial sobre empresas e outras organizações.

Para mais informações : apoio@informadb.pt / 808 29 30 29