janeiro 2024 Variação referente ao mês homólogo
Nascimentos
04929
-8,3%
Encerramentos
00636
-50,1%
Insolvências
00210
3,5%

Apenas 19,5% das empresas cumprem os prazos de pagamento

Média do atraso é de 23 dias e está a reduzir desde o final de 2020

  • Alojamento e restauração e Transportes são os setores com menos empresas cumpridoras;
  • 5,6% de empresas pagam com mais de 90 dias atraso;
  • Portugal tem um dos piores registos a nível internacional;
  • Cerca de 43 mil empresas mostram risco de atrasos significativos nos próximos 12 meses

Portugal ocupa uma das piores posições a nível internacional no que toca aos atrasos nos pagamentos das empresas aos fornecedores. Segundo a Informa D&B, que analisa regularmente o comportamento de pagamento das empresas, no final de junho de 2023 apenas 19,5% das empresas cumpre os prazos de pagamento em Portugal.

No entanto, o atraso médio tem vindo a reduzir-se desde o final da pandemia. Em 2020, o número médio de dias de atraso das empresas portuguesas chegou a ser superior a 27,3 dias, um registo que em junho de 2023 está nos 23 dias.

Dois terços das empresas (66,6%) pagam com um atraso até 30 dias. Mas há um conjunto de empresas (5,6%) que pagam com mais de 90 dias de atraso.

Segundo Teresa Cardoso de Menezes, diretora geral da Informa D&B, ’os atrasos nos pagamentos podem gerar constrangimentos na liquidez das empresas credoras, sobretudo nas de dimensão mais reduzida, afetando a sua disponibilidade para fazer frente aos compromissos já assumidos. Há vários anos que a Informa D&B analisa este tema, alertando para uma situação que afeta a confiança nas relações comerciais entre os empresários e gestores de todo o tecido empresarial.’

A maioria das transações comerciais entre empresas em Portugal é realizada a crédito, devendo o valor ser pago aos fornecedores num prazo estabelecido. Em maio de 2023, o montante agregado por pagar aos fornecedores atingia cerca de 65 mil milhões de euros.

Alojamento e restauração e Transportes são os setores onde menos empresas pagam dentro dos prazos acordados com os fornecedores, 11% e 12,4%, respetivamente. Os Transportes são também o setor onde mais empresas (8,8%)

pagam com atrasos superiores a 90 dias; como tal, é este o setor com o atraso médio superior, que no final de junho se encontrava em mais de 30 dias. O setor com maior percentagem de empresas cumpridoras são as Tecnologias de informação e comunicação, com 26,7%.

Portugal entre os piores a nível internacional

Entre os 41 países analisados na última edição do estudo ‘Payment Study 2023’ elaborado com dados de 2022 pela CRIBIS D&B, e no qual a Informa D&B participa com informação das empresas portuguesas, Portugal, Portugal encontrava-se entre os 5 países com menos empresas a cumprirem os prazos de pagamento, uma lista onde a Roménia tem o pior registo, com apenas 14,9% de empresas cumpridoras. A Dinamarca encabeça a lista de empresas cumpridoras, com 91,8% a pagar nos prazos acordados.

Ainda no final de 2022, o conjunto da União Europeia registava 45,7% de empresas cumpridores, uma percentagem 25 pontos superior à de Portugal, apesar da ligeira melhoria nos prazos de pagamento verificada no nosso país.

Cerca de 43 mil empresas mostram risco de atrasos significativos nos próximos 12 meses

De acordo com o indicador de Risco Delinquency da Informa D&B, que reflete a probabilidade de, nos próximos 12 meses, uma entidade registar um atraso de pagamentos superior a 90 dias a pelo menos um dos seus credores, quase 9% de empresas mostra um risco médio-alto ou elevado.

Esta percentagem corresponde a cerca de 43 mil empresas, das quais a sua grande maioria são microempresas (87%), mas onde se encontram também PME (12%) e grandes empresas (1%).

SOBRE A INFORMA D&B

A Informa D&B é especialista no conhecimento do tecido empresarial. Através de análises inovadoras, disponibiliza o acesso a informação atualizada e relevante sobre a atividade de empresas e gestores, fundamental para a condução dos negócios dos seus clientes. A Informa D&B está integrada na maior rede mundial de informação empresarial, a D&B Worldwide Network, com acesso aos dados de mais de 500 milhões de agentes económicos em todo o mundo. A base de dados empresarial da Informa D&B é a mais utilizada em Portugal, servindo mais de 500 mil utilizadores através das duas marcas: INFORMA e eInforma.

Para mais informações: apoio@informadb.pt / 808 29 30 29