Variação referente ao mês homólogo Entrar
Nascimentos
Encerramentos
Insolvências

Foram criadas 2 131 novas empresas no setor das Tecnologias de informação e comunicação

Setor recupera crescimento no empreendedorismo

O setor das Tecnologias de informação e comunicação (TIC) está a mostrar capacidade de recuperar o crescimento na criação de novas empresas que tinha antes da pandemia. De acordo com o Barómetro da Informa D&B, até 31 de outubro nasceram neste setor 2 131 novas empresas, o que representa um crescimento de 1,1% face a 2019 e de 22% quando comparado com 2020.

Antes da pandemia, as TIC era um dos setores com maior crescimento na criação de novas empresas. Este ano, e até final de outubro, destacam-se as empresas criadas no subsetor ‘Informática’, com 1 642 novas empresas. Em termos geográficos, os maiores crescimentos em número absoluto de constituições das TIC ocorrem nos distritos do Porto, Setúbal, Funchal e Coimbra.

Até final de outubro deste ano, além das TIC, apenas o setor das Atividades imobiliárias regista crescimento em relação a 2019 e 2020. Os setores que mostram ainda uma maior distância face aos valores de 2019, último ano antes da pandemia, são os Transportes (-58%), Alojamento e restauração (-29%) e Serviços gerais (-29%).

Na totalidade do tecido empresarial, nasceram 34 466 empresas até 31 de outubro

Na totalidade dos setores, desde o início do ano e até 31 de outubro, nasceram em Portugal 34 466 novas empresas, valores que revelam ainda alguma fragilidade no empreendedorismo em 2021. A constituição de novas empresas representa um crescimento de 8,2% face ao mesmo período do ano passado, mas está ainda 18,4% abaixo de 2019.

Encerramentos e Insolvências a descer

Os encerramentos e as insolvências continuam a registar valores inferiores a 2019, muito provavelmente devido às medidas de apoio que o Estado português colocou à disposição das empresas.

Encerraram este ano 9 859 empresas, menos 6,4% que no período homólogo e menos 22,3% do que em 2019. Todos os setores de atividade registam níveis inferiores a 2019, com exceção dos Transportes que mantém o mesmo nível de encerramentos.

Até 31 de outubro, 1 678 empresas iniciaram um processo de insolvência, valor que representa uma descida de 13,9% face a 2020 (menos 272 processos) e de 9,8% do que em 2019 (menos 183 processos). A esmagadora maioria dos setores de atividade encontra-se em níveis inferiores a 2019, com a exceção do Alojamento e Restauração (+79 processos).

Ver o Barómetro completo

Nota sobre insolvências:
Entidades com processos de insolvência iniciados no período considerado, com publicação no portal Citius do Ministério da Justiça. O Barómetro Informa D&B considera os processos de insolvência de pessoas coletivas. Este Barómetro não analisa os processos de insolvência de empresários em nome individual, de profissionais liberais, ou de particulares.

Para mais informações : apoio@informadb.pt | 808 29 30 29