segunda-feira, 1 de abril de 2019

Crescimento sustentado da produção e do mercado de café


Evolução do Mercado


  • O valor do mercado de café em Portugal tem mantido nos últimos exercícios uma tendência de moderado crescimento, com taxas de variação anuais de cerca de 5% apoiado no crescimento do consumo dos lares e da economia portuguesa em geral.
  • Neste enquadramento,o valor das vendas no mercado interno alcançou 535 milhões de euros no exercício 2018, registando um incremento de 4,9% com respeito ao ano precedente. Em paralelo, o valor da produção aumentou 5,4%, situando-se em 484 milhões de euros.
  • Pela sua parte, as exportações de café torrado e solúvel alcançaram 70 milhões de euros, contabilizando um crescimento de 6,1% respeito ao ano anterior. Espanha é o principal destino das exportações, assumindo 35,5% das mesmas, à frente da França e Grécia. Quanto às importações, aumentaram 3,4% em 2018, atingindo 121 milhões de euros. França e Espanha configuram-se como os principais países de origem, com 34% e 29% do total importado em 2018, respetivamente.

Estrutura da Oferta

  • No setor de café operavam 67 empresas em 2017. Por áreas geográficas, a zona Norte contava nessa data com 23 empresas, situando-se atrás dela a zona de Lisboa, com 20 empresas.
  • A grande maioria das empresas que operam no setor são de pequena e média dimensão e, em geral, têm um accionariado de tipo familiar e um âmbito de atuação regional. Junto destas, identifica-se um reduzido número de grandes operadores, alguns dos quais estão integrados em grupos com uma oferta diversificada de produtos de alimentação.
  • Há apenas uma empresa com mais de 500 trabalhadores e outras cinco que empregam 100 ou mais efetivos, Importa assinalar que 82% das companhias tem um quadro de pessoal abaixo dos 20 empregados.

Dados Gerais, 2018