sexta-feira, 15 de março de 2019

O valor do mercado de medicamentos cresceu cerca de 3% em 2018


Evolução do Mercado

  • O valor do mercado português de medicamentos mantém desde o ano de 2015 uma tendência de ligeira expansão. Em 2018, as vendas valoradas a preços de venda ao público, atingiram os 2.625 milhões de euros, com um crescimento de mais 2,7% do que em 2017, mais ainda longe do máximo de 3.353 milhões de euros contabilizados no ano de 2008.
  • Os medicamentos genéricos decresceram ligeiramente a sua quota de mercado em 2018, alcançando vendas de 515 milhões de euros (+2%), o que representou 19,6% do valor total do mercado de especialidades farmacêuticas, face aos 19,8% em 2017. O preço médio destes medicamentos tem-se incrementado gradualmente desde 2014.

Estrutura da oferta

  • O número de trabalhadores no setor de distribuição grossista de produtos farmacêuticos tem mantido uma tendência de crescimento no biénio 2016-2017. Assim, as 40 principais empresas do setor por faturação, geravam em 2017 um volume de emprego de cerca de 2.030 trabalhadores, o que se traduz em cerca de mais 6% do que em 2016.
  • O quadro médio de pessoal destas 40 empresas situou-se em 2017 em 51 empregados. Só oito operadores empregava, mais de 50 pessoas e somente três contavam com um quadro de pessoal acima de 250 trabalhadores.
  • Observa-se uma notável concentração geográfica das empresas em Lisboa, sendo que cerca de 43% das companhias de maior dimensão têm a sua sede neste distrito. Importa assinalar também os distritos do Porto, com 17,5%, e Setúbal, com 10%.
Dados Gerais, 2018