quarta-feira, 6 de março de 2019

Crescimento moderado da faturação do setor de serviços de telecomunicações


Evolução do Mercado


  • O volume de negócio do setor de serviços de telecomunicações confirmou em 2017 a retoma iniciada em 2016, situando-se em 5.905 milhões de euros, valor com um crescimento em relação ao ano anterior de 0,9%. Para o ano 2018 estimou-se um crescimento semelhante, com uma taxa abaixo de 1%.
  • No mercado retalhista, a faturação associada aos serviços fixos indidualizáveis e ao serviço telefónico móvel sofreu uma evolução negativa em 2017, mantendo a tendência observada em exercícios precedentes. Pelo contrário, a faturação que derivou da comercialização dos serviços oferecidos em pacote cresceu 4,9%.
  • O tráfego do serviço telefónico móvel continuou a crescer em 2017, registando um aumento de 6%, até aos cerca de 38.500 milhões de minutos, o que contrasta com o retrocesso de 11% contabilizado no segmento de serviço telefónico fixo.
  • O número de acessos de banda larga manteve a sua tendência crescente, com 3.38 milhões, mais 5,3% do que em 2016. Destaca-se o forte aumento dos acessos FTTH (+26,8%), que alcançaram 1.38 milhões.

Estrutura da Oferta

  • O número de empresas no setor de serviços de telecomunicações mantém-se desde 2015 em cerca de 95, enquanto o volume de emprego situou-se em torno de 14.300 trabalhadores em 2017.
  • A estrutura empresarial do setor caracteriza-se pela notável concentração da oferta, reforçada nos últimos anos depois de se terem registado importantes operações corporativas por parte dos principais operadores, de maneira que os três de maior dimensão geraram conjuntamente cerca de 80% da faturação global em 2017.

Dados Gerais, 2017