terça-feira, 4 de setembro de 2018

O mercado de panificação e pastelaria industriais cresceu perto de 4% em 2017


Evolução do Mercado


  • O mercado de panificação e pastelaria industriais registou um crescimento de 3,8% no ano 2017. Desta forma, o valor das vendas em Portugal situou-se em 675 milhões de euros, face aos 650 milhões do exercício anterior.
  • Importa assinalar a favorável evolução do segmento de massas congeladas, que estão a substituir os produtos tradicionais dos segmentos de panificação e bolos, nomeadamente no canal de hotelaria e restauração. No exercício de 2017 o mercado de massas congeladas registou um crescimento de 5,1%, ligeiramente superior ao dos anos anteriores, alcançando um valor de 205 milhões de euros.
  • Relativamente ao comércio externo, as exportações totais do setor atingiram 218 milhões de euros em 2017, mais 6,9% do que no ano anterior, no qual contabilizaram 204 milhões. Espanha constitui o principal destino das vendas para o exterior, assumindo uma quota de 40% sobre o total. O valor das importações, situou-se em 329 milhões de euros, mais 4,1% do que em 2016. Espanha destaca-se também como o principal país de origem, com cerca de 65% do total.

Estrutura da oferta

  • No setor de panificação e pastelaria industriais operavam no fim de 2016 cerca de 6.200 empresas. Estas geravam um volume de emprego de perto de 25.000 trabalhadores.
  • As regiões Norte e Centro concentram o maior número de empresas de panificação, com 1.469 e 1.384 empresas, respetivamente, reunindo de forma conjunta 70% do total.
  • O setor apresenta um alto grau de atomização, com predomínio das empresas de reduzida dimensão. Assim, mais de 80% dos operadores têm um quadro de pessoal abaixo de 10 empregados, e só 8 empresas contam com mais de 250 trabalhadores.
Dados Gerais, 2017