sexta-feira, 3 de agosto de 2018

O negócio da gestão de lugares de estacionamento em Espanha e Portugal cresceu 3,8% em 2017


Evolução do Mercado


  • A faturação no setor do estacionamento em Espanha e Portugal em 2017 ascendeu a 1145 milhões de euros, mais 3,8% face a 2016. Nesse ano, mercado espanhol, representava 89% do total ibérico, cresceu 3,0%, para 1020 milhões de euros, enquanto o mercado português aumentou 10,6%, para 125 milhões de euros.
  • Num contexto de melhoria da conjuntura económica e do mercado de trabalho, e de acréscimo do volume de tráfego em veículos privados, prosseguiu a tendência de crescimento do negócio retomada em 2015, tudo apontado para que se mantenha a curto e médio prazo. Assim, é expectável que em 2018 o volume de negócios agregado dos operadores dedicados a esta atividade atinja 1185 milhões de euros, 3,5% mais face ao ano anterior.
  • O número de lugares de estacionamento nos dois países era de 1 815 000 milhões no final de 2017.
  • O negócio de aluguer de lugares de estacionamento em estrutura gerou 811 milhões de euros no mercado ibérico, 4,4% mais do que em 2016, enquanto o da gestão de lugares de estacionamento regulado à superfície cresceu 2,5%, para 334 milhões.

Estrutura da oferta

  • O mercado ibérico de gestão de lugares de estacionamento, estava composto em 2017 por cerca de 1070 empresas de grupos de empresas, das quais 820 em Espanha e 250 em Portugal. No conjunto, incluindo tanto o estacionamento em estrutura como o regulado à superfície, exploravam um total de 1 815 000 lugares de estacionamento, dos quais 1 510 000 em Espanha e 305 000 em Portugal.
  • Verifica-se um alto grau de concentração da oferta setorial. As cinco maiores empresas detinham em 2017 uma quota global que rondava os 52% no conjunto do mercado ibérico.