quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Retoma do volume de negócio no setor de serviços de telecomunicações

Evolução do Mercado


  • A faturação total agregada das empresas do setor de serviços de telecomunicações situou-se em 2016 em 5.851 milhões de euros, o que supôs um acréscimo de 2,1% em relação ao ano de 2015, o qual registara uma variação negativa de 0,7%. Para 2017 estima-se um  crescimento adicional do volume de negócio setorial, atingindo cerca de 2%.
  • Importa assinalar a desfavorável evolução da faturação no mercado retalhista dos serviços fixos individualizáveis e do serviço telefónico móvel, mantendo a tendência observada em exercícios precedentes.
  • Pelo contrário, a faturação derivada da comercialização dos serviços oferecidos em pacote ascendeu 11,5% em 2016. Também o serviço de acesso móvel à internet cresceu a uma taxa semelhante.
  • O tráfego do serviço telefónico móvel aumentou 6%, superando 36.400 milhões de minutos, o que contrasta com o retrocesso de 10% contabilizado no segmento de serviço telefónico fixo.
Estrutura da oferta

  • A 30 de junho de 2017 operavam no setor português de serviços de telecomunicações 96 empresas, mais três do que no ano anterior, enquanto o volume de emprego situava-se no fim de 2016 em 14.870 trabalhadores, valor 4,5% inferior ao do exercício anterior.
  • A estrutura empresarial do setor carateriza-se pela notável concentração da oferta, reforçada nos últimos anos depois de se terem registado importantes operações corporativas por parte dos principais operadores. Os três maiores geraram conjuntamente em 2016 cerca de 80% da faturação global.
Dados Gerais, 2016