segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Vendas de software de gestão crescem na ordem dos 6% ao ano


Evolução do Mercado


  • O valor do mercado português de software de gestão ascendeu a 260 milhões de euros em 2016, o que representou um crescimento de 5,7% face ao ano anterior. As aplicações ERP representaram a maior fatia do volume de negócios, com um peso de 45% sobre o total.
  • O setor apresenta um grau de concentração empresarial elevado, onde se destaca a posição de um reduzido grupo de multinacionais e algumas empresas portuguesas de grande dimensão.

Estrutura da Oferta

  • O mercado português de software de gestão manteve nos últimos anos uma tendência ascendente, registando taxas de variação que chegaram a ultrapassar os 10% ao ano.
  • Contudo, nos últimos anos observa-se uma moderação do ritmo de crescimento, num contexto de maturidade crescente da atividade e aumento da concorrência de preços entre os operadores.
  • Neste contexto, o valor do mercado cifrou-se em 260 milhões de euros em 2016, mais 5,7% face ao ano anterior. As aplicações ERP continuam a representar a maior fatia do volume de negócios do setor, com um peso de 45% sobre o total em 2016, enquanto as aplicações CRM tinham um peso da ordem dos 23%. Este último segmento registou nos últimos anos a evolução mais dinâmica, tendo aumentado a sua penetração no mercado.
  • As previsões apontam para um valor do mercado de 275 milhões de euros, no final de 2017, e um valor próximo aos 290 milhões em 2018, o que representaria um aumento médio próximo dos 6% ao ano.
  • A redução de preços, a oferta de soluções estandardizadas e o desenvolvimento do modelo SaaS (Software as a Service) permitirão que nos próximos anos se mantenha a penetração crescente do software de gestão nas empresas de média e pequena dimensão.
  • O setor apresenta uma forte concentração empresarial, sendo liderado por um reduzido grupo de multinacionais e algumas empresas portuguesas de grande dimensão. A par destas empresas opera um elevado número de empresas de pequena dimensão, parte das quais desenvolve aplicações de gestão dirigidas a segmentos de procura específicos.
  • Os dois operadores principais detinham em 2016 uma quota de mercado conjunta de 37%, enquanto a das cinco principais se situava nos 55%.

Dados Gerais, 2016