segunda-feira, 16 de maio de 2016

Vendas de cimento e betão pronto cresceram em 2015 após vários anos em queda

Após vários anos de fortes quedas, as vendas de cimento de betão pronto registaram, em 2015, alguma recuperação.

As vendas de cimento no mercado interno situaram-se em 2,6 milhões de toneladas, mais 6,3% do que em 2014, mas ainda muito longe dos cerca de 11 milhões de toneladas do ano 2001.

As exportações de cimento mantiveram-se estáveis em 2015, com um valor de 47 milhões de euros. As vendas para o estrangeiro destinam-se principalmente para os países do Magrebe e países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP). Importa destacar especialmente o caso da Argélia, que reuniu 58% do volume total exportado em 2015.

Pela sua parte, em 2015 produziram-se perto de 3 milhões de metros cúbicos de betão pronto, o que representa mais 7% do que no exercício anterior.

Em Portugal operam 3 empresas produtoras de cimento de ciclo completo, que desenvolvem a sua atividade através de 6 fábricas produtivas. Estas instalações encontram-se localizadas nos distritos de Leiria (2 fábricas), Coimbra, Lisboa, Setúbal e Faro.

Relativamente ao setor de betão pronto, em 2013 operavam 225 centros produtivos, menos 45 do que no fim de 2012 e menos 90 do que no ano de 2008. Em todos os distritos existem centros produtivos de betão pronto, embora importe assinalar a concentração dos mesmos em Lisboa (15%), Porto (12%). Leiria (10%), Setúbal (10%), Faro (7%) e Braga (7%).