segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Setor de serviços de inspeção e certificação mantém tendência de queda em 2014


O valor do mercado de serviços de inspeção e certificação caiu 2,4% em 2014, situando-se em 205 milhões de euros.

A queda foi ainda menos acentuada uma vez que em 2013 o decréscimo tinha sido perto de 4%. Em 2013 realizaram-se em Portugal 5,6 milhões de inspeções técnicas de veículos - valor 1,7% inferior ao contabilizado  em 2012 - sendo que 96% das inpeções realizadas corresponderam a veículos ligeiros de passageiros e comerciais.

A atividade no setor de serviços de inspeção e certificação tem sido afetado negativamente pela deterioração da economia portuguesa. O estudo concluiu que desde o máximo de 2010 até 2014, a faturação setorial acumulou uma queda de 12%, não se prevendo uma retoma no presente exercício.


Estrutura da oferta

Em abril de 2015 encontravam-se acreditadas pelo Instituto Português de Acreditação (IPAC) 36 empresas de inspeção setorial de 35 entidades de certificação. Além disso, tinham acreditação 66 empresas de inspeção técnica de veículos, as quais exploravam 183 estações.

Importa destacar que 49 destas empresas (74% do total) contavam com um único centro, enquanto unicamente quatro empresas geriam mais de 10, concentrando cojuntamente cerca de metade do número total.

Os distritos do Porto e Lisboa albergam 28 e 24 estações de inspeção técnica de veículos, respetivamente, o que representa globalmente cerca de 30% do total. Nestes dois distritos localizam-se aliás 57% dos centros de inspeção setorial operativos em Portugal, assim como 50% do centros de certificação.

As cinco maiores empresas por receitas totais em 2013 reuniram uma quota conjunta sobre a faturação global de 52,8%, participação que ascende a 64% se se considerarem as dez primeiras.

Dados Gerais, 2014