segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Mercado das empresas de serviços de inspeção e certificação desceu 0,9% em 2013


O valor do mercado de serviços de inspeção e certificação mantém desde o ano 2011 uma tendência de quebra, penalizado pelo comportamento negativo da atividade económica.

Em 2013 situou-se nos 217 milhões de euros, o que representa uma descida de 0,9% face a 2012 e de perto de 7% face ao máximo contabilizado  em 2010. As previsões no curto prazo apontam para uma leve retoma do volume de negócio, estimando-se para o exercício 2014 uma variação positiva à volta de 1%.

O número de certificações de sistemas ISO 9001 e ISO 14001 situou-se nas 7.834 em 2012, uma subida de 43% face a 2011, ano em que registou uma queda de 15%.

Em 2012 foram realizadas em Portugal 5,7 milhões de inspeções técnicas de veículos, valor semelhante ao registado em 2011 e ligeiramente superior ao contabilizado em 2010.

Em abril de 2014 estavam acreditadas pelo Instituto Português de Acreditação (IPAC) 35 empresas de inspeção sectorial e outras 35 entidades de certificação, além de 67 empresas de inspeção técnica de veículos.

O número de estações de inspeção técnica de veículos, nessa data, era de 184, contando pouco mais de 70% das empresas com um único centro. Importa assinalar que apenas três empresas geriam mais de três centros, concentrando mais de 40% do número total.

Porto e Lisboa são os distritos com maior número de operadores, reunindo, respectivamente, 19% e 16% do número total de centros de inspeção técnica de veículos e de inspeção sectorial. No caso dos centros de certificação, Lisboa ocupa a primeira posição, com 33% do total, à frente de Porto, com 19%.