quarta-feira, 16 de abril de 2014

Valor da produção no sector de calçado cresceu 6% em 2013


O valor da produção no sector do calçado subiu 6% em 2013, comparativamente ao exercício anterior, situando-se nos 1.910 milhões de euros. O sector assistiu a um crescimento significativo no valor da produção entre 2011 e 2013, baseado no aumento dos preços e no bom comportamento das vendas no exterior.

Observa-se um aumento do superavit comercial com o exterior, que passou de 872 milhões de euros em 2010 para mais de 1.300 milhões em 2013. Neste último ano as exportações elevaram-se acima dos 1.700 milhões de euros, face a 1.297 milhões registados em 2010.

As importações, por outro lado, têm sofrido nos dois últimos exercícios a diminuição da procura interna, situando-se em 2013 nos 415 milhões de euros, menos 11% do que em 2011.

Após a notável queda observada no período 2005-2010, o número de empresas fabricantes manteve uma tendência de alta no biénio 2011-2012, até se situar neste último ano em cerca de 1.350. A actividade produtiva concentra-se na zona Norte de Portugal, onde se localizam quase 95% das empresas.

O volume de emprego sectorial também retomou, passando de pouco mais de 32.000 trabalhadores em 2010 para cerca de 35.400 em 2012. Predominam as empresas de pequeno tamanho, pelo que cerca de 60% do total contam com menos de 10 empregados. Os concelhos de Felgueiras, no distrito do Porto, e Oliveira de Azeméis e Santa Maria da Feira, em Aveiro, geram cerca de 60% do volume de emprego total.

As cinco primeiras empresas reúnem uma participação conjunta sobre as vendas totais de produção nacional abaixo de 15%, enquanto as dez maiores concentram uma quota inferior a 20%.