quarta-feira, 25 de setembro de 2013

O sector de Consultoria é afectado pela deterioração da actividade económica

 
O valor do mercado diminuirá cerca de 3% em 2013

A facturação no segmento de consultoria em tecnologias da informação, no qual está incluída a actividade de outsourcing informático, diminuiu 4,2%, até aos 1245 milhões de euros.

Os serviços de consultoria de estratégia, operações e processos, pelo seu lado, geraram receitas de 210 milhões de euros, representando menos 6,7% do que em 2011.

Em 2013 manteve-se a deterioração da procura e a pressão sobre os preços. No final deste exercício, prevê-se um mercado de 1 405 milhões de euros, representando menos 3,4% relativamente ao valor registado em 2012, estando prevista uma estagnação para 2014.

Neste contexto de atonia do negócio no mercado interno, prevê-se uma orientação crescente das principais empresas para o exterior, principalmente para a Europa e economias emergentes de África e América, de forma a atenuar a deterioração da rendibilidade.

No sector predominam as empresas de pequena dimensão, pelo que somente umas 20 empregam mais de 250 pessoas. Observa-se uma considerável concentração geográfica dos operadores nas áreas de maior actividade empresarial. A zona de Lisboa, em concreto acolhe aproximadamente metade das empresas do sector, enquanto na região Norte se situa cerca de 25%.

O desaparecimento de pequenas empresas, bem como as operações de aquisição e fusão de empresas lideradas pelos principais operadores, com o obectivo de ampliar a sua cobertura geográfica e a sua gama de serviços, estão a favorecer a concentração da oferta sectorial.

Em 2012, os cinco principais operadores representavam 40% do valor total do mercado, percentagem que se situou nos 55% se considerarmos os dez principais.