quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Serviços de Telecomunicações - Forte concorrência em preço e descréscimo na facturação

 
Evolução do mercado
 
- O volume de negócio no sector de serviços de telecomunicações experimentou no ano de 2011 uma queda perto de 4%, até situar-se em 7.300 milhões de euros, como consequência da forte pressão sob os preços nos diferentes segmentos do mercado.
- Em 2012 agravou-se esta tendência, com uma variação negativa próxima de 7%, não aguardando uma retoma antes de 2014.
- A facuração do serviço telefónico móvel reduziu-se um 6,7% em 2011, mantendo a tendência de baixa dos dois exercícios precedentes, atingindo 2.603 milhões de euros. O tráfego , pelo contrário, aumenou um 4,9%, ultrapassando os 25.000 milhões de minutos, o qual permitiu-lhe continuar a ganhar quota ao serviço telefónico fixo.
- Relativamente ao acesso à internet, importa assinalar o forte incremento dos acessos FTTH,  bem como o significativo crescimento dos utilizadores activos do serviço de acesso à internet em banda larga móvel, os quais subiram para 2,9 milhões em 2011.
 
Estrutura da oferta
 
- O número de empresas com actividade no sector de serviços de telecomunicações no mês de Junho de 2012 era de 85, valor semelhante ao do ano anterior.
- O volume de emprego gerado, pela sua parte, mostra uma tendência descendente nos últimos anos, situando-se no final de 2011 em 12.177 trabalhadores, face aos 12.650 de 2010 e os 14.781 de 2004.
- No sector observa-se uma notável concentração empresarial: as cinco primeiras companhias reuniram no exercício 2011 uma quota de mercado conjunta de 79%.