segunda-feira, 5 de março de 2012

Principais ocorrências no tecido empresarial em Janeiro de 2012


O número de constituições baixou significativamente face a Janeiro de 2011, descida justificada pelo elevado número de sociedades unipessoais constituídas em Janeiro de 2011 como reflexo das medidas fiscais implementadas no final de 2010, medidas estas que favorecem o inicio de negócios nesta forma jurídica (em detrimento do ENI - empresário em nome individual).
Verifica-se também um aumento relevante das dissoluções naturais de empresas (+35%) seguindo uma tendência semelhante à registada no último trimestre de 2011 (+24,2%).
O aumento na entrada de acções judiciais intentadas contra entidades com negócios, não tem significado na análise de um mês individualmente.
Em relação às insolvências iniciadas, estas continuam a aumentar significativamente, seguindo uma tendência de crescimento acentuado não só ao longo de todo o ano 2011, como particularmente no último trimestre do ano, onde se registou um aumento de 24% no número de insolvências iniciadas.