quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Sector Transporte Rodoviário de Mercadorias modera queda em 2010

Depois da descida de resultados de 17% registada em 2009, o mercado ibérico de transporte rodoviário de mercadorias moderou a sua queda em 2010.
O número de empresas activas dominiui nos últimos anos, com um significativo número de pequenos operadores a fecharem portas durante o exercício de 2009, tanto em Espanha como em Portugal.

A DBK divulgou ontem o Estudo sobre o Sector dos Transportes Rodoviários Terrestres: em 2010 manteve-se a tendência decrescente do volume de negócios do conjunto do mercado ibérico, estimando-se um valor de 16,250 milhões de euros, menos 1,5% que em 2009.
Evolução do mercado:
-          A recessão das economias portuguesa e espanhola em 2009 provocou uma descida acentuada da actividade do sector do transporte rodoviário de mercadorias: o valor do mercado ibérico situou-se nos 16,500 milhões de euros, o que representa menos 17,2% do que no ano anterior.
-          A facturação consolidada das empresas espanholas foi de 13.800 milhões de euros (cerca de 80% do total) e das empresas portuguesas de 2,700 milhões. Destacou-se a forte caída das vendas em Espanha, onde se registou uma taxa de variação de –17,9%. No mercado português a evolução foi mais positiva, diminuindo apenas 13,6%.
-          Os serviços de transporte nacional pesam 85% do mercado total espanhol, com um total de 11,700 milhões de euros em 2009, e o tráfego internacional representa os restantes 15%. A quota do transporte internacional é notavelmente maior em Portugal, com 1,200 milhões de euros em 2009 e 44,5% da facturação total.
-          Para o exercício de 2011 espera-se um ligeiro crescimento na ordem dos 2%, tendência que se espera igualmente para 2012. Por países, o mercado espanhol registará no binémio 2011-2012, uma evolução mais favorável que o português.
Estrutura da oferta 
-          O sector de transporte rodoviário de mercadorias caracteriza-se pela atomização da sua oferta. Os 5 principais operadores por volume de negócios têm uma quota de mercado de 7,8% em 2009, enquanto que os 10 primeiros representam 12,7%.
-          Em 2009 contabilizavam-se 123.000 empresas, das quais cerca de 114.000 eram espanholas e as restantes 9.000 portuguesas. O número de operadores foi reduzido, desaparecendo sobretudo um numero significativo de pequenas empresas, tanto em Espanha como em Portugal.
-          Por outro lado, o parque de veículos de transporte público de mercadorias ascendeu a 432.629 unidades, também em 2009, resultando numa média ibérica de 3,5 veículos por empresa, o que reflecte o reduzido tamanho médio das frotas empresariais. 377.503 veículos pertenciam a empresas espanholas, enquanto as restantes 55.126 eram de empresas portuguesas.
Dados Gerais


Espanha
Portugal
Total
mercado ibérico
Número de empresas, 2009
114.016
8.862
122.878
Número de veículos, 2009
377.503
55.126
432.629
Mercado (mill. euros)



·      2009
13.800
2.700
16.500
·      2010 (a)
13.500
2.750
16.250
Concentração (quota de mercado conjunta), 2009



·      Cinco primeiras empresas (%)
8,8
11,6
7,8
·      Dez primeiras empresas (%)
14,0
18,0
12,7
Variação do mercado (%)



·      2009/2008
-17,9
-13,6
-17,2
·      2010/2009 (a)
-2,2
+1,9
-1,5
Previsão de evolução do mercado
(% var. 2011/2010)
+2,2
+0,7
+2,0

(a) provisional